Buddhachannel










Instagram





Rubricas

Beleza concentrada

quarta-feira 15 de Setembro de 2010, por Nanny Obame

Langues :


Um pequeno país cercado de China e de Índia por todos os lados. Minúsculo, mas dono de oito das dez montanhas mais altas do mundo, o Nepal mistura natureza e patrimônio cultural em um lugar único. Isso sem contar a religiosidade, marcada especialmente pelas tradições do budismo. O território, de apenas 147 mil km², tem clima e relevo diversificados. Ao Norte, estão as montanhas alternadas por vales. Ao Sul, o terreno é mais plano. Em toda parte, encontra-se uma das mais ricas biodiversidades do planeta. E essa característica é mais um dos pontos fortes do lugar, que explora o ecoturismo.


O Nepal, que abriga uma das faces do monte mais alto do mundo, o Everest, e também o ponto mais baixo da Terra, o Vale Arun, é a menina dos olhos de quem busca aventura. Lá, é possível praticar bungee jumping, safári, mountain biking, rafting, caça, salto de paraquedas e voos de ultraleve. Além, é claro, da escalada de montanhas. Para completar, há animais raros, rios bravos e até geleiras. Para quem gosta do contato com a natureza, no país há nove parques nacionais, três reservas de animais selvagens e uma reserva de caça.


O Vale do Katmandu é uma das regiões mais incríveis do Nepal. Ele abrange três cidades: Katmandu, a capital do país, Lalitpur e Bhaktapur. Cercadas por montanhas, têm clima agradável. Recheadas de patrimônios culturais da Unesco, palácios e templos, permitem ainda a observação de belíssimos trabalhos em pedra.


Outro foco do turismo é Pokhara, a 200 km de Katmandu. É o único lugar do mundo onde se pode observar uma vista das montanhas de mais de oito mil metros enquanto se está sentado a mil metros abaixo do nível do mar. “O Lago Phewa reflete a imagem das montanhas e da cidade como um espelho”, diz Pradhumna Shah, embaixador do Nepal em Brasília.


Em Pokhara, há também a chance de observar as mais de 523 espécies de aves e as 11 famílias de borboletas que perambulam pela cidade. A cidade ainda serve de ponto de partida da trilha Annapurna. 2011 será o ano do turismo no Nepal, e estão previstos eventos e promoções.

Para saber mais, acesse www.welcomenepal.com.


Fonte : www.clicrbs.com.br

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?