Buddhachannel

Dans la même rubrique

29 juin 2016

Le Sûtra du Diamant

29 de junio de 2016, por Buddhachannel España

El Sutra del Diamante










Instagram





Rubricas

Dhammapada XXI — Miscelânea

quarta-feira 2 de Junho de 2010, por Buddhachannel Portugal

Langues :

Todas as versões deste artigo : [Deutsch] [English] [Español] [français] [italiano] [Nederlands] [Português] [中文]

DHAMMAPADA



Capítulo Vinte e Um - Miscelânea



290.

Se renunciando a um prazer de pequeno valor é possível obter um contentamento valioso, o homem sábio renunciará ao prazer de pequeno valor para garantir o contentamento profundo.

291.

Aquele que deseja a sua própria felicidade, mas causa sofrimento aos outros para obtê-la, está preso pelos laços do ódio. Ele não está livre do ódio.

292.

As más tendências de quem é descontrolado e descuidado irão aumentando, se ele deixar de fazer o que deveria ser feito e fizer o que não deveria ser feito.

293.

Mas naqueles que prestam atenção às atividades corporais, que não fazem o que não deveria ser feito e fazem firmemente o que deveria ser feito, as más tendências vão diminuindo até desaparecer.

294.

Um verdadeiro brâmane sai ileso ainda que tenha matado o pai, a mãe e dois reis da casta dos guerreiros, além de destruir um reino com todos os seus súditos.

295.

Um verdadeiro brâmane sai ileso ainda que tenha matado pai, mãe e dois reis da casta sacerdotal, e ainda um homem notável.

296.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre o Buddha.

297.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre o Dhamma.

298.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre a Sangha.

299.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre a verdadeira natureza do corpo (Kayagata Sati).

300.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre a felicidade de Ahimsa, a Não-Violência.

301.

Os discípulos de Gautama que estão realmente despertos sempre pensam, de dia e de noite, sobre a felicidade de Bhavana, a Meditação Criativa.

302.

A vida do recluso é difícil, e ainda mais difícil é apreciar a sua disciplina. A vida do homem de família é difícil, e ainda mais difícil é apreciá-la corretamente. É doloroso viver com pessoas com quem não há afinidade. Também é doloroso viver como um viajante solitário. Portanto, não se deve viver como viajantes solitários. Que ninguém caia no sofrimento.

303.

Onde quer que vá um homem que possui os dons da fé, da virtude, da prosperidade, ele será reverenciado.

304.

As pessoas boas brilham de longe, como os picos dos Himalaias. Os maldosos, como flechas disparadas na noite, desaparecem sem serem vistos.

305.

O discípulo senta-se sozinho, dorme sozinho e, sem desânimo, controla o eu inferior a partir do eu superior. Ele encontra a felicidade ao permanecer fora da floresta dos desejos.

Source: www.filosofiaesoterica.com

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?